Principal
Banner

postheadericon Reinaugurado há um ano, Mário Monteiro comemora reforma

vania-com-gemeas-sarah-e-sabrina

Mais de 90 mil atendimentos, cerca de 81 mil exames laboratoriais e quase 32 mil raios-X realizados em apenas um ano: os números da Unidade Municipal de Urgência Dr. Mário Monteiro, em Piratininga, na Região Oceânica de Niterói, que comemorou no último domingo um ano de funcionamento após reforma, impressionam. Em 2013, foram realizados 37.251 atendimentos na unidade; em 2014, 44.706; em 2015, 72.962; e em 2016, 100.878 – um aumento de mais de 170% em 4 anos.

A unidade recebeu investimentos de R$ 5 milhões para reforma, ampliação, aquisição de novo mobiliário e equipamentos e atende, em média, 300 pessoas 24 horas por dia. “O Mário Monteiro é de grande importância para Região Oceânica. As novas instalações da unidade permitiram aumentar a qualidade de atendimento do local e atender a um maior número de pessoas. Hoje a região conta com boa organização na área da saúde, com Unidade Básica, módulos do Médico de Família e a Policlínica de Itaipu que será toda reformada”, declara a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos.

Maria Célia explica que nestes 12 meses de unidade reformada já foram realizados 51.456 atendimentos na clínica médica, 19.269 na pediatria, 16.582 na ortopedia e 2.976 na cirurgia geral. Cerca de 8% dos pacientes são de outros municípios, a maioria de São Gonçalo e Maricá.

Diretora da unidade, Itamar Tavares destaca a melhoria no atendimento. Os elogios dos pacientes são pendurados em um mural, para que todos da equipe possam continuar motivados e prestar o melhor serviço para a população. “Como moradora da Região Oceânica, foi um ganho enorme a reforma do Mário Monteiro, que é estratégico para o atendimento para a população. Como diretora, me sinto orgulhosa de estar à frente de uma equipe excelente, que se esforça para prestar o melhor atendimento para a população”, comemora Itamar.

O local presta um serviço pré-hospitalar, adequado às normas técnicas das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), e tem como objetivo acolher o paciente, fazer a estabilização e o encaminhamento dos casos mais graves para as instituições de média e alta complexidades, conforme a necessidade. Na cirurgia, por exemplo, são realizados procedimentos simples, como suturas e punções.

A equipe é formada por três clínicos, dois pediatras, um ortopedista e um cirurgião atendendo durante o dia e dois clínicos, um pediatra e um ortopedista à noite, além de enfermeiros e técnicos em enfermagem. Mãe das gêmeas Sarah e Sabrina, de 4 anos, a estudante Vânia Maria de Souza, de 26 anos, se surpreendeu quando foi ao Mário Monteiro. “Acabei de me mudar para a Região Oceânica e essa foi a primeira vez que viemos na unidade. As meninas estão bem resfriadas e achei melhor procurar um médico. O atendimento foi ótimo, rápido, com estrutura bacana e boa higiene. Fiquei impressionada”, revela Vânia.

Toda vez que precisa de atendimento médico de urgência, a doméstica Maria Catarina Pacheco, de 55 anos, moradora do Cafubá, procura a Umam. “Sempre que tenho uma emergência, saio correndo para o Mário Monteiro. O atendimento é muito bom e melhorou bastante com a reforma. O hospital ficou mais limpo e organizado”, elogia.

 

 

 

 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner