Principal
Banner

postheadericon Saúde inaugura mais uma Sala de Coleta de Leite em Niterói

788a330ec5b4dad5cc0cf023f33f7161_XL

 

 

Na manhã desta quarta-feira (10/5) nova sala de Apoio ao Aleitamento Materno e coleta de leite humano foi inaugurada na rede municipal de saúde de Niterói. Desta vez, a Unidade Básica de Saúde de Santa Bárbara recebeu o projeto. A ação é uma parceria da Fundação Municipal de Saúde com a Universidade Federal Fluminense (UFF) e o Rotary Clube Norte, contribuindo com o abastecimento do Banco de Leite do Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP). No local também haverá auxílio e estímulo ao aleitamento materno.

A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, explica que a rede municipal de Saúde já contava com a coleta de leite humano na Maternidade Municipal Alzira Reis e que este ano ampliou para rede básica.

“Já realizávamos esse trabalho e parceria na nossa maternidade. Ampliamos a coleta para a rede básica de saúde, com a inauguração da sala de apoio ao aleitamento materno na Policlínica Carlos Antonio da Silva, no mês de março e hoje na UBS de Santa Bárbara”, explica a secretária.

De acordo com o coordenador do Banco de Leite do HUAP, professor doutor Herdy Alves, essa parceria permite um trabalho efetivo na garantia do aleitamento materno exclusivo, fazendo com que crianças possam ter de fato um ótimo crescimento e desenvolvimento, não apenas no campo nutricional, mas emocional.

“A amamentação é fundamental para qualidade de vida da criança. Nesse sentido Niterói tem um trabalho muito importante da Secretaria de Saúde, articulado com a UFF e Rotary, implementando o projeto de salas de amamentação em parceria com o banco de leite. Reconheço que o governo atual tem o compromisso de responsabilidade social com as crianças, permitindo melhor qualidade de vida para elas, para as mães que tem dificuldade em amamentar e famílias, o que reduz doenças. É um ganho para população” declara.

O projeto permite que mulheres possam doar leite materno para atender aos prematuros das Unidades de Tratamento Intensivo neonatais públicas, da Região Metropolitana II.

Usuária da Unidade de Santa Bárbara, Ana Carla Cerqueira, 24 anos, mãe do Davi Isac, de oito meses, elogiou a iniciativa.

“Sempre recebi orientação durante e após meu período de gestação. Desta forma, considero essa iniciativa de grande importância para as famílias do município”, disse.

Participaram da abertura da sala o vereador Bira Marques e a vice presidente de Atenção Ambulatorial e da Família, Juliana Costa.

 

 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner