Banner
Principal

postheadericon FMS de Niterói na luta contra o tabagismo

diamundialsemtabaco

 

No Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado nesta sexta-feira (31), as unidades da rede Pública Municipal de Saúde de Niterói promoveram atividades com seus pacientes. Foram realizadas salas de espera com informações sobre o malefício do cigarro, palestras e rodas de conversa. No Município, quem deseja parar de fumar conta com auxílio do Programa de Cessação do Tabagismo.


A Fundação Municipal de Saúde disponibiliza o tratamento para os que desejam parar de fumar em 20 unidades: policlínicas, unidades básicas e módulos do Programa Médico de Família (PMF) em todas as regiões da cidade. Cerca de 600 pessoas aderem ao programa anualmente.


Carmem Pereira, de 64 anos, moradora de Itaipu, frequentou o programa por um ano. A aposentada conta que fumava há mais de 40 anos.


“Fui à Policlínica de Itaipu e descobri por lá que existia o tratamento. Acho que foi a melhor coisa que me aconteceu, pois tive um grande suporte dos profissionais e consegui parar de fumar. O programa é fantástico”, enalteceu Carmem.


O trabalho ocorre por meio de grupos de apoio, em que profissionais de saúde abordam temas relacionados ao tabagismo, orientando e motivando os participantes. Durante os encontros, também há troca de experiências e motivações entre as pessoas dos grupos. A abordagem é feita em quatro sessões estruturadas de 90 minutos, com intervalo semanal, seguidas de duas sessões com intervalo quinzenal. Os ex-fumantes são acompanhados em controles mensais, até completarem um ano de abstinência.


A secretária Municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, citou os avanços da avanços do programa.


“Expandimos para todos as policlínicas e aumentamos o número de módulos do Médico de Família habilitados. Estamos promovendo palestras nas unidades e na comunidade. Com isso, ampliamos a oferta do serviço e, consequentemente, a procura dos que querem se livrar do vício”, analisa a secretária.


Atendimento

O Programa de Cessação do Tabagismo em Niterói funciona nas seguintes unidades: policlínicas regionais de Itaipu, Largo da Batalha, Sérgio Arouca (em Santa Rosa), Carlos Antônio da Silva (no São Lourenço), Fonseca, Barreto, Engenhoca, bem como nas unidades básicas do Centro, Engenhoca, e nos módulos do Programa Médico de Família (PMF) da Lagoinha, Jurujuba, Várzea das Moças, Engenho do Mato,  Cafubá,  Ilha da Conceição, Viradouro, Maceió, Vital Brasil, Maruí e da Grota. Também há tratamento no Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap), no Centro.

 

 

 

 


 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner