postheadericon Niterói vacina 8 mil pessoas no primeiro dia de campanha contra a febre amarela

febre-amarela-18

 

A Prefeitura de Niterói imunizou, nesta quinta-feira (25), primeiro dia da campanha contra a febre amarela, cerca oito mil pessoas com a vacina contra a doença. Estão disponíveis 49 postos de imunização, aplicando a vacina de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. No sábado (27), acontece o dia D, com reforço de profissionais - serão 700 funcionários atendendo a população. A campanha seguirá até o dia 9 de fevereiro. Desde o começo do ano, Niterói já imunizou 50 mil pessoas. No ano passado, foram aplicadas 193 mil doses da vacina.


Nilza Gomes Cesário, 58 anos, aproveitou a folga do marido e as férias dos quatro filhos para levar a família para receber a imunização, na Policlínica Carlos Antonio da Silva, no São Lourenço, Centro da cidade. De acordo com a dona de casa, a campanha serve de alerta para a população se proteger da doença.

“Vi a divulgação e não pensei duas vezes em trazer todo mundo, aproveitei o tempo livre e vim logo no primeiro dia da campanha. Todos devem comparecer para se proteger dessa doença tão séria. O atendimento está rápido e organizado aqui”, afirmou Nilza.

A secretária municipal de Saúde Maria Célia Vasconcellos, avaliou o primeiro dia e destacou o preparo da equipe. Ela ainda reforçou que a campanha é mais uma maneira de intensificar o trabalho de prevenção contra a febre amarela.

“As pessoas estão cientes da importância da vacinação, mesmo não tendo nenhum caso da doença na nossa cidade, e estão procurando pela vacina. As unidades de atenção básica do município estão realizando a imunização com profissionais que foram preparados para administração das doses e orientados em todos os aspectos que envolvem a febre amarela”, destacou a secretária.

Por determinação do Ministério da Saúde, durante o período de campanha, as doses aplicadas serão fracionadas. Os viajantes e pessoas que devem receber doses integrais (crianças de nove meses a dois anos, gestantes e pessoas com condições clínicas especiais) deverão informar aos profissionais no momento em que chegarem à unidade de saúde para avaliação. Todas as pessoas que procuraram pela vacina vão passar por uma triagem antes de receber a dose.

A população de Niterói pode se vacinar em todas as policlínicas regionais do município (Centro, Santa Rosa, Fonseca, Largo da Batalha, Itaipu, Barreto e Engenhoca); na Policlínica Comunitária de Jurujuba; nas Clínicas Comunitárias da Família da Teixeira de Freitas, Ilha da Conceição, Badu e Várzea das Moças; nos módulos do Programa Médico de Família do Viçoso, Marítimos, Atalaia, Bernadino, Morro do Céu, Ititioca, Ponta da Areia, Vila Ipiranga, Engenho do Mato, Cantagalo, Sapê, Cafubá I, II e III, Maravista, Matapaca, Caramujo, Jonathas Botelho, Leopoldina, Maruí, Palácio, Preventório I e II, Viradouro, Vital Brazil, Martins Torres, Maceió, Nova Brasília e Grota I e II; nas Unidades Básicas de Santa Bárbara, do Baldeador, Piratininga, Centro, Engenhoca e Morro do Estado; e na Policlínica Naval de Niterói.

De acordo com o Ministério da Saúde, deverão tomar a dose fracionada às pessoas maiores de dois anos até 59 anos não vacinadas; mulheres não vacinadas que estejam amamentando crianças maiores de 6 meses e pessoas com mais de 60 não vacinadas, após avaliação de serviço de saúde. Quem continuará tomando a dose integral, segundo o órgão, são crianças de 9 meses a 2 anos; pessoas com condições clínicas especiais; gestantes e viajante internacional.

O Ministério está seguindo a recomendação da Organização Mundial da Saúde e adotou os padrões internacionais da dose única. Ou seja: quem toma a vacina padrão da febre amarela no Brasil está imunizado pelo resto da vida. Quem tomar a vacina fracionada estará protegido por oito anos.


A doença – A febre amarela é transmitida através da picada de mosquitos. Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia (olhos e pele amarelados), problemas no fígado e nos rins, hemorragia e cansaço intenso.

 

 

 


 

Niterói ganha mais oito pontos de vacina contra febre amarela

 

A partir desta quinta-feira (18), a população de Niterói contará com mais oito salas de vacinação contra febre amarela. Como medida de prevenção, a Fundação Municipal de Saúde ampliou as salas de vacina e agora o município possui 38 pontos com a imunização. Só em 2017, o Município aplicou mais de 190 mil doses da vacina. Já foram imunizadas 257.926 pessoas na cidade nos últimos 10 anos.

 

A vacina está sendo aplicada de forma integral, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, para pessoas a partir dos 9 meses até os 59 anos de idade, conforme orientação do Ministério da Saúde. Gestantes, mulheres que estejam amamentando, bebês maiores de seis meses e menores de nove meses e idosos com mais de 60 anos devem passar por um profissional de saúde para avaliar a possibilidade de vacinação.


A população de Niterói pode se vacinar em todas as policlínicas regionais do município (Centro, Santa Rosa, Fonseca, Largo da Batalha, Itaipu, Barreto e Engenhoca); na Policlínica Comunitária de Jurujuba; nas Clínicas Comunitárias da Família da Teixeira de Freitas, Ilha da Conceição, Badu e Várzea das Moças; nos módulos do Programa Médico de Família do Viçoso, Marítimos, Atalaia, Bernadino, Morro do Céu, Ititioca, Ponta da Areia, Vila Ipiranga, Engenho do Mato, Cantagalo, Sapê, Cafubá II e III, Maravista, Matapaca, Caramujo, Jonathas Botelho, Leopoldina e Maruí; nas Unidades Básicas de Santa Bárbara, do Baldeador, Piratininga, Centro, Engenhoca e Morro do Estado; e na Policlínica Naval de Niterói.


A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, alerta para importância da imunização e esclarece que o município não possui casos da doença.


“É fundamental que a população procure as unidades de saúde para receber a vacina contra febre amarela. Embora o município não tenha apresentado casos da doença, estamos atentos e ampliamos mais uma vez as salas de imunização como forma de intensificação do trabalho de prevenção à febre amarela”, afirma a secretária.


Desde o mês de março de 2017, quando os primeiros casos da doença surgiram no Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura aumentou a oferta da vacina através da abertura de novas salas de imunização, solicitando novas remessas de vacina ao Governo do Estado.


Contraindicação – A vacina é contraindicada para pessoas com alergia a algum componente da vacina e alergia a ovos e derivados; pessoas com doença febril aguda, com comprometimento do estado geral de saúde; ou ainda pacientes com doenças que causam alterações no sistema de defesa (nascidas com a pessoa ou adquiridas), assim como terapias imunossupressoras – quimioterapia e doses elevadas de corticosteroides, por exemplo; indivíduos portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico ou com outras doenças autoimunes; pacientes que tenham apresentado doenças neurológicas de natureza desmielinizante (Síndrome de Guillain-Barré, ELA, entre outras) no período de seis semanas após a aplicação de dose anterior da vacina; pacientes transplantados de medula óssea; pacientes com histórico de doença do Timo; crianças menores de seis meses de idade; crianças menores de dois anos de idade que não tenham sido vacinadas contra febre amarela não devem receber as vacinas tríplice viral ou tetra viral junto com a vacina contra FA. O intervalo entre as vacinas deve ser de 30 dias.


A doença – A febre amarela é transmitida através da picada de mosquitos. Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia (olhos e pele amarelados), problemas no fígado e nos rins, hemorragia e cansaço intenso.


Postos de vacinação contra febre amarela em Niterói


Policlínica Regional Dr. Carlos Antônio da Silva Rua

Jansen de Mello s/nº – São Lourenço

Tel.: 2717-1426 e 2719-0050


Policlínica Regional Dr. Sérgio Arouca

Praça Vital Brazil s/nº – Santa Rosa

Tel.: 2711-2366



Policlínica Regional Dr. Guilherme Taylor March

Rua Desembargador Lima Castro, 238 – Fonseca

Tel.: 2626-4170



Policlínica Regional do Largo da Batalha

Dr. Francisco da Cruz Nunes Rua Ver.Armando Ferreira, 30 - Largo da Batalha

Tel.: 2616-3633 e 2710-7100



Policlínica Regional de Itaipu Assistente Social Maria Aparecida da Costa

Estrada do Engenho do Mato s/nº – Itaipu

Tel.: 2609-6368 e 2709-1579



Policlínica Regional da Engenhoca Dr. Renato Silva
Avenida João Brasil, s/nº – Engenhoca

Tel.: 2628-8047 e 3603-8874



Policlínica Regional do Barreto João da Silva Vizella

Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto

Tel.: 2719-0141 – 2719-6861



Policlínica Comunitária de Jurujuba

Av. Carlos Ermelindo Marins s/nº – Jurujuba

Tel.: 2704-9638 e 2704-9668



Médico de Família do Engenho do Mato

Estrada Irene Lopes Sodré s/nº – Engenho do Mato

Tel.: 2709-5222



PMF Cantagalo – Haidée Santamaria

Estrada Francisco Cruz Nunes s/nº – Cantagalo

Tel.: 2616-50l37



PMF Cafubá II – Ernesto Che Guevara

Rua Vereador Luiz Erthal, Lt. 05, Qd. 69 – Cafubá

Tel.: 2619-5268



PMF Cafubá III – Alberto Ricardo Hatin

Rua Manoel Pacheco de Carvalho 107 – Piratininga

Tel.: 2709-4374



PMF Maravista – Cte. Manoel Piñeiro Lozada

Rua Astor da Costa Menezes, S/Nº – Maravista

Tel.: 2709-0360



PMF Matapaca – Abelardo Ramirez

Rua Aurora Ribeiro, nº 5 – Pendotiba

Tel.: 2617-9269



PMF Badu

Av. Nelson de Oliveira e Silva, 63 – Badu

Tel.: 2718-2283



PMF Caramujo

Rodovia Amaral Peixoto, S/n, Baldeador

Tel.: 2625-946



PMF Sapê

Rua E, S/N, Sapê

Tel.: 97691-7231



PMF Jonathas Botelho

Trav.Jonathas Botelho, 133 – Cubango

Tel.: 2710-6367



PMF Leopoldina

Rua George Allan s/nº – Largo dos Barradas – Barreto

Tel.: 2624-0017



PMF Maruí

Rua Monsenhor Raeder, 151 – Barreto

Tel.: 3714-2173



Clínica Comunitária da Família de Várzea Das Moças

Dr. Tobias Tostes Machado Estrada Velha de Maricá s/nº – Várzea das Moças

Tel.: 3602-8057



Clínica Comunitária da Família da Teixeira de Freitas

Rua Teixeira de Freitas s/n – Fonseca

Tel.: 99775-3421


CCF Ilha da Conceição

Rua Jornalista Sardo Filho, 196 – Ilha da Conceição

Tel: 2620-6671



PMF Marítimos

Rua Machado S/N Barreto

Tel:3703-3265



PMF Viçoso

Estrada Viçoso Jardim S/N

Tel: 2618-8295



PMF Atalaia

Rua Padre José Euger S/N –Atalaia

Tel:2618-7616



UBS Baldeador – Deputado José Sally

Lot.Bento Pestana s/nº – Morro do Castro

Tel.: 2624-1224 e 2722-3761



PMF Bernadino

Rua Sá Barreto S/N –Fonseca

Tel:2721-7131



PMF Morro do Céu

Est. Viçoso Jardim 357- Caramujo

Tel: 99641-2165



UBS Piratininga – Dom Luiz Orione

Av. dos Pescadores – Lotes 2,3 e 4 – Piratininga

Tel.: 2618-2654



UBS Santa Bárbara – Adelino de Mendonça e Silva

Rua Jandira Pereira, 625 – Santa Bárbara

Tel: 2627-6303



PMF Ititioca

Rua Vila Costa Monteiro S/N- Ititioca

Tel: 2610-0852



PMF Ponta da Areia

Rua Coronel Miranda nº 18- Ponta d areia

Tel: 97198783



PMF Vila Ipiranga

Rua Tenente Ozório S/N –Fonseca

Tel: 2625-3821



UBS Centro

Rua Visconde de Uruguai, 531 – Centro

Tel.: 2620-8226



UBS Engenhoca

Rua Coronel Guimarães, 724 – Engenhoca

Tel.:2628-8656



UBS Morro do Estado

Rua Araujo Pimenta s/nº

Tel.: 2622-1010



Policlínica Naval (Marinha)

Rua Barão de Jaceguaí, 289 – Ponta da Areia